quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Risoto de Cogumelos de Choupo e Açafrão.


Risoto adoro simplesmente... Se for de cogumelos, pronto o circulo completa se.
Segundo reza a historia o risoto foi um acidente na cozinha. Um acidente que deu certo. 
 A receita original que hoje encanta a varias pessoas, só foi criada em 1574 em uma festa de casamento. Segundo acervos históricos, o criador do Risoto foi o Valério di Fiandra (responsável pela criação dos vitrais da Catedral de Milão), que além de ser conhecido pelas suas obras de artes, se destacava na gastronomia italiana com seus ótimos gostos.
Quando sua filha resolveu se casar, Fiandra ofereceu um jantar aos convidados fazendo um dos seus principais pratos, o Risoto. Durante a preparação, Fiandra deixou cair acidentalmente na panela uma quantidade de açafrão, que segundo a lenda foi uma demonstração de ciúmes pelo casamento de sua filha.  Após o jantar, o “acidente” na cozinha teve uma ótima aceitação e recebeu vários elogios. Nascia naquele momento o Risoto alla Milanese (Risoto a milanesa). SABER MAIS AQUI
Alem de saboroso tem uma historia romântica por trás impossível não ficar  apaixonada por este prato maravilhoso.
Bem vamos a receita:



Ingredientes
350 gr de cogumelos de choupo
Açafrão em fio
Flor de sal
1 chalota media
2 dentes de alho
300 gr de arroz arbório ou canaroli
Vinho branco Q/B
Manteiga (1 boa colher de sopa)
Queijo Parmesão

Preparação Tradicional                 
Comece por fazer o caldo de galinha, 1 litro de agua a ferver colocar lá dentro o açafrão em fio para livertar cor e sabo. Tambem um caldo (Knorr de galinha) até que se desfaça por completo, reserve.
Num tacho coloque a chalota e alho muito bem picadinho com azeite deixe alourar assim que estiver dourado refresque com vinho branco e deixe evaporar o álcool.
Coloque o arroz e deixe fritar um pouco antes de começar adicionar a calda. depois é ir colocando a calda aos poucos e ir mexendo vigiando a cozedura do arroz. Entretanto a parte numa certã coloque uma colher de sopa de azeite e salteie os cogumelos assim que estiverem prontos reserve MAS a manteiga e os sucos dos cogumelos que estão na certã vão para o risoto sim está la sabor não se pode desperdiçar.
Entretanto assim que o risoto estiver no ponto, junte uma boa colherada de sopa de manteiga os cogumelos e por fim o queijo parmesão, sirva imediatamente.
Este acompanhei com uma posta ao azeite, alho e alecrim.


Preparação com robot de Cozinha
Comece por fazer o caldo de de galinha, 1 litro de agua a ferver colocar lá dentro o açafrão em fio para libertar cor e sabor. Também um caldo (knorr de galinha) até que se desfaça por completo, reserve.
Adicione a chalota e o alho pique 10seg/vel.9 refogue 5 min./100ºCvel.colher. Refresque com vinho branco e deixe refogar mais 4 minutos para álcool evaporar, coloque a borboleta e o arroz e deixe (fritar) sem adicionar caldo por mais 2 min./vel.colher, inversa.
Adicione o caldo e programe 13-15 100ºC/vel. colher, inversa.
Entretanto a parte numa certã coloque uma colher de sopa de azeite e salteie os cogumelos assim que estiverem prontos reserve MAS a manteiga e os sucos dos cogumelos que estão na certã vão para o risoto sim está la sabor não se pode desperdiçar.
Coloque a manteiga,os cogumelos salteados rectifique o sal com ajuda da espátula envolva os cogumelos no risoto. Retire para uma travessa e junte o queijo sirva de imediato.










    
Bom Apetite!                                                               
                                                                   
                                                                 
                    

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Crostinni de Cogumelos Selvagens


Cogumelos selvagens tem tanto de bom como de perigoso mesmo mortal. 
Mas quando se conhece bem as espécies, é sem duvida um mundo fantastico. Cheio de sabor. Este ano e pela 1º vez provei 3 espécies. 
      


Este é o boletus edulis (boleto)
Trata se de uma das melhores e mais apreciadas espécies de cogumelos.Tanto seu sabor com cheiro assemelha se a frutos secos.
Encontra frequentemente  debaixo de castanheiros,carvalhos, pinheiros e abetos vermelhos.   
---------------------------------------------
  



Este é lactarius deliciosus (Miscaros)
Este é meu preferido das 3 espécies que provei.Possui um forte cheiro semelhante a frutas e o seu sabor retardado é ligeiramente picante. Quando extraídos da terra larga um liquido vermelho alaranjado. Encontrasse com facilidade debaixo dos pinheiros em solos neutros ou calcários.
-------------------------------------------



E por fim o Macrolepiota procera (tortulho)
Estes são considerados dos mais deliciosos cogumelos silvestres. Possui um leve cheiro a frutos secos.Encontra se com abundância e facilidade junto a soutos, giestas e no meio de vinhas, aparecem normalmente em grupos.
as características e habita destas 3 espécies retirei AQUI neste SITE.
Recomenda se muito cuidado ter sempre certeza da espécie em causa extensa pesquisa e alguém com forte com forte conhecimento sobre cogumelos.
 como tive direito a muito pouco 2, 3 máximo 4 não deu para fazer grande coisa mas o suficiente para ficar apaixonada por este mundo e querer se duvida alguma ficar a conhecer muito mais. 
O que fiz com meus...
Fiz umas Crostinni.





Esta 1º foto pertence ao Boletus Edulis (Boleto)
Depois de muito bem lavado parti em pedaços, numa certã coloque azeite e alho laminado, flor de sal q/b coloque os cogumelos lá dentro e deixe saltear pode juntar uma malagueta se gostar assim mais para picante. Numa fatia de pão ciabatta torrado disponha o cogumelo polvilhe com salsa picada e coma ainda morna. E super saboroso o boleto tem uma textura macia que se desfaz na boca.




Este é o Macrolepiota Procera (Tortulho)
Que grelhei sem gordura nenhuma apenas grelhado em lume brando médio alto, claro flor de sal. Entretanto leve uma fatia de pão ao grelhador com azeite e alho em pó, corte o cogumelo  em fatias disponha por cima do pão e regue com vinagre balsamico em creme, polvilhe com ervas secas e sirva de imediato. Também muito saboroso e aromáticos.




E por fim o lactarius deliciosus (Miscaros)
como seu nome indica é realmente muito delicioso. Este depois de lavado e cortado em pedaços fiz igualmente salteado em azeite e alho,flor de sal muito simples. A parte tostei mais uma fatia de pão ciabatta que foi barrada com pêra abacate e por cima algumas folhas de rúcula e por fim os cogumelos regue com um fio de vinagre balsâmico e coma de imediato.
Com foi 1º vez que fiz e como já referi eram muito poucos fiz e comi sozinha :P




Fica a promessa de no próximo ano assim que abrir época dos cogumelos irei a procura deles no meio de uma bela caminhada pelos bosques de portugal...


Bom Apetite!