quarta-feira, 16 de outubro de 2019

O meu leite creme!



Leite creme, faz lembrar o Natal não faz?
A mim sim.
Leite creme uma sobremesa sem qualquer tipo de dificuldade conhecida e apreciada por grande maioria dos Portugueses. E eu faço parte desse grupo. 
Ontem com frio que se fazia sentir com as chuvas e ventos fortes foi o que me apeteceu.
Um delicioso leite creme morno com forte sabor a limão e perfumado com a sabor de açúcar mascavado queimado. 
Oh delicia!!
O aconchego perfeito para um dia, como o de ontem.




Ingredientes
6 gemas de ovo
1 litro de leite 
2 limões (só a casca)
170 gr de açúcar mascavado 
50 gr de amido de milho

Preparação Robot de cozinha/ Thermomix 

Comece por lavar muito bem os limões e seque.
Com ajuda de um  Descascador tire a casca dos limões. 


 Só a parte vidrada e coloque dentro do copo do robot junte o açúcar. E triture durante alguns segundos.
Junte o leite as gemas e o amido de milho. 
Misture 20 segundos/ vel.4
Programe 14 minutos/90ºC /vel.3 e meio
Passe para taças de servir.
E sirva a gosto ou com canela ou com açúcar queimado.

Preparação tradicional
Comece por lavar muito bem os limões e seque, com ajuda de um  Descascador tire a casca dos limões. Só a parte vidrada aqui a ajuda de um robot e muito boa, para desfazer bem a casca do limão.
Coloque de tacho para levar ao lume, junte o leite as gemas e o amido de milho. 
Mexa muito bem para desfazer o amido e deixe coser até engrossar sempre a mexer para não colar nem torrar.
Passe para taças de servir.
E sirva a gosto ou com canela ou com açúcar queimado.





Bom Apetite!



quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Marmelada de Marmelo!





Confesso que não sou sou apreciadora de Marmelada. Mas na semana passada, ofereceram-me um maravilhoso cabaz de fruta da época, Outono, meu doce Outono.
E trazia uns maravilhosos marmelos, já maduros e como são totalmente biológicos, vinham também picados  pelos pássaros e outros bichitos. 
Seja não podia demorar a fazer algo com eles. Por norma gosto muito de marmelos, mas assados com carne. Porco em especial, combina mesmo muito bem. 
Mas estes não podiam esperar.
Então resolvi fazer marmelada, a receita da Maria João, pedi lhe receita e pronto cá esta ela.
Pois de varias marmeladas que me vão oferecendo a da Ju é a minha preferida.
Usei foi açúcar amarelo, meu preferido.
Tenho lembranças da minha mãe fazer quilos de marmelada, lembro também que  minha mãe passava bagaço no papel vegetal que colocava em cima da marmelada. Não sei a razão mas vou lhe perguntar.
As outras frutas foram comidas no seu estado natural. Uma delicia, um privilegio ter acesso assim a fruta totalmente biológica ❤️






Ingredientes
2 quilos de marmelos limpos 
600 gr de açúcar amarelo
1 colher de sopa de água

Preparação
Comece por limpar os marmelos de caroços e pequenas moças que possam ter.
Lave muito bem e deixe escorrer, bem.
Numa panela de pressão coloque uma colher de sopa de água no fundo de seguida os marmelos e por fim o açúcar.
Feche muito bem a panela e coloque a cozer por 20 minutos a partir do momento em que a panela começar assobiar.
Desligue deixe arrefecer um pouco e com ajuda da varinha magica triture muito bem.
Passe para recipiente tape com papel vegetal para não apanhar pó e lixos.
Guarde uns tempos ela vai prender, ficar durinha.





Sabores e cheiros de Outono!
Bom Apetite



terça-feira, 24 de setembro de 2019

Calzone de Frango com Courgette e Cogumelos!



E pronto entrou, chegou, finalmente meu doce Outono. Minha estação preferida. 
A época perfeita para caminhada no bosque na montanha isto  na minha opinião claro. Ao primeiras chuvas trazem um  perfume  maravilhoso o cheiro a terra molhada... tão bom! E as neblinas matinais? O friozinho pela manha que dá lugar a um dia agradável e solarengo e no final da tarde volta arrefecer. E da aquela vontade de ligar o forno e fazer comida de conforto, comida de forno. Tem mais conforto que isso um forno ligado na cozinha, o cheiro de pão a cozer e a chover do lado de fora? Ahh por favor, aceitem o Outono é maravilhoso! 
E não é que hoje chove...
Liguei o forno para lá meter um calzone de frango com courgette e cogumelos.  
Cogumelos é outono! A courgette  também lembra o Outono, afinal é da família da abóbora. Por isso este Calzone é perfeito para dar inicio à minha estação ❤️
Aprovadissima é otima para gastar aquela parte do frango de churrasco que ninguém come, neste caso foi o peito do frango. Claro que pode fazer com peito de frango fresco, mas eu tinha aqui o peito de um frango de churrasco e foi o que usei. O resultado foi excelente. Aqui nada se estraga, tudo se transforma.



Ingredientes massa 
200 g água
50 g azeite
1 c. chá de sal
400 g farinha
5 g fermento de padeiro seco, (½ saqueta) ou (10 gr se for fresco)
Ingredientes Recheio                        
1 malagueta 
50 gr de azeite
50 gr de vinho branco
1 folha de louro
Flor de sal q/b
200 gr de queijo mozarrela 
3 dentes de alho
1 Cebola
200 gr de cogumelos frescos
1 Courgette
2 peitos de frango
Oregão q/b
Meio pimento vermelho
2 tomates médios


Preparação: Massa Robot de Cozinha
Colocar no copo a água, o sal, o azeite aquecer 1 mint/37ºC/vel,2.
Juntar a farinha com o fermento amassar 2 minutos. Retirar e deixar levedar num lugar morno até dobrar de tamanho. (Se usar fermento fresco coloque logo junto com a agua, sal e azeite.)

Preparação: Recheio Robot de Cozinha
Retire os osso e a pele que a carne possa ter, coloque dentro do copo e desfie a carne vel,4/ colher inverssa 30 a 40 segundos, reserve.
Parta a courgette aos cubos e os cogumelos em 4, reserve. 
Coloque dentro do copo do robot os tomates, a cebola, os alhos, a malagueta e o pimento. Triture tudo alguns segundos até obter um puré.
Junte o azeite e programe 5 minutos /100ºC/ vel, colher. Adicione a courgette e os cogumelos programe mais 15 mint/vel,colher/100ºC, junte o vinho, a folha de louro e carne desfiada e cozinhe mais 5 a 10 minutos/vel,colher/100ºC, ajuste de sal.
deixe arrefecer um pouco.
Enquanto isso estique a massa em cima de uma folha de papel vegetal, num circulo como se fosse para fazer uma pizza, disponha um pouco de queijo ralado em cerca de metade do circulo, fazer uma meia lua deixando uma borda de 1cm e meio sem nada (para fechar calzone)
Coloque por cima do queijo o refugado do frango e legumes, mais queijo por cima oregãos secos e feche o calzone.
Fazer este processo em cima do papel vegetal é muito importante pois será mais fácil transportar calzone para dentro do tabuleiro, sem rasgar a massa.
Molhe um pincel em agua e passe por cima do calzone distribua umas sementes de sesamo e leve ao forno a 170ºC 20 minutos ou até massa coser e ficar douradinha a gosto. Acompanhe com uma salada verde.


Preparação: Massa Método Tradicional
Coloque a farinha e o sal com o fermento numa taça grande, faça um buraco no meio tipo vulcão e vá adicionando a agua morna e amasse muito bem até obter uma massa macia e elástica sempre de fora para dentro. (Se usar fermento fresco desfaça 1º num pouco de agua morna.)


Preparação: Recheio Método tradicional
Parta a courgette aos cubos e os cogumelos em 4, reserve. 
Coloque dentro de um copo alto os tomates, a cebola, os alhos, a malagueta e o pimento.  E com ajuda de uma varinha magica triture tudo alguns segundos até obter um puré.
Coloque dentro de uma serta com o azeite e leve ao lume assim que fervilhar, junte a courgette, o louro e os cogumelos deixe cozinhar uns 10 minutos refresque com o vinho branco junte a carne desfiada e deixe cozinhar mais uns 10 minutos, ajuste de sal e temperos reserve deixe arrefecer um pouco.
Enquanto isso estique a massa em cima de uma folha de papel vegetal, num circulo como se fosse para fazer uma pizza, disponha um pouco de queijo ralado em cerca de metade do circulo, fazer uma meia lua deixando uma borda de 1cm e meio sem nada (para fechar calzone)
Coloque por cima do queijo o refugado do frango e legumes, mais queijo por cima oregãos secos e feche o calzone.
Fazer este processo em cima do papel vegetal é muito importante pois será mais fácil transportar calzone para dentro do tabuleiro, sem rasgar a massa.
Molhe um pincel em agua e passe por cima do calzone distribua umas sementes de sesamo e leve ao forno a 170ºC 20 minutos ou até massa coser e ficar douradinha a gosto. Acompanhe com uma salada verde.





Bom Apetite!


domingo, 22 de setembro de 2019

Doce de Tomate com Gengibre!


E para fechar o Verão trago um maravilhoso doce de tomate com um toque super fresh de gengibre.
Sim nem imaginam como fica bem na doçura do tomate. Pessoalmente gosto muito de, doce de tomate, adoro tomate, bem maduro.
Decididamente o tomate anda de mão dada com o Verão, não acham?
Sim eu sei temos tomates ano inteiro mas não é mesma coisa que o tomate na época. E se for o coração de Boi... ai ai é uma delicia.
Apanhar directo do tomateiro abrir a meio atira-lhe com uma pedras de sal e comer assim directo, sim eu sei sou uma privilegiada.
Mas hoje é em doce que vos trago o tomate.
É assim que Flor de Rosmaninho se despede do Verão, para abrir as portas ao Outono!
Espero que gostem e façam!




Ingredientes
800 gr de tomate sem pele
400 gr de açúcar amarelo 
1 colher de chá rasa de gengibre em pó

Preparação Metodo Tradicional
Com ajuda de Descascador tire a pele, descasque o tomate e parta aos cubos e reduza a puré com ajuda da varinha magica.
Coloque num tacho junte o açúcar e gengibre em pó.
Leve a lume brando durante 30 minutos com testo entre aberto em cima, mexendo vezes a miúdo.
Assim que estiver pronto passe para frascos esterilizados na hora, e guarde esta pronto a usar.

Preparação Método Robot de Cozinha
Com ajuda de Descascador tire a pele, descasque o tomate e parta em quartos, coloque dentro do copo e reduza a puré alguns segundos vel.5 e 7 junte o açúcar e o gengibre.
Programe: velocidade colher/varoma/35 mint
Assim que estiver pronto passe para frascos esterilizados na hora, e guarde esta pronto a usar.







Bom Apetite!


quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Alho Francês a Brás com cogumelos Paris!



Já cheira a Outono, gosto tanto!
Dias mais amenos em termos de calor, as manhas com nevoeiro que o sol só fura já bem perto do meio dia...
Gosto, gosto mesmo muito a natureza começa a mudar as suas cores. A deixar os verdes vibrantes e frescos para dar lugar aos amarelos, laranjas, vermelhos e castanhos... hum gosto mesmo muito, adoro o Outono ❤️
E também aquela época em tudo volta a normalidade e queremos ajustar nossas refeições corrigir os excessos de Verão, de ferias retirar aquele quilito que esta a mais.
Então minha sugestão de hoje é um delicioso alho francês a Brás. Um receita que me surpreendeu muito pela positiva. Um prato leve, saboroso e sem adição de carne ou peixe.
É um prato com conforto cheio de sabor e cores pálidas, cores de mudança, cores com cheiro a Outono!  
                                                                               ❤️ Meu doce Outono!


Ingredientes
2 alho francês
150 gr de cogumelos paris
200 gr de batata frita palha (de compra)
100 gr de azeitona preta laminada
3 dentes de alho
Azeite q/b
Coentros frescos
5 ovos
Flor de sal q/b

Preparação

Com ajuda de uma Mandolina corte os alho francês as rodelas fininhas. lave muito bem para retirar sujidade que se acumula entre camadas do alho, seque e reserve. Ainda com Mandolina  lamine também os cogumelos, reserve também.

leve uma sertã ao lume  azeite e os dentes alho esmagados, assim que começar a dourar acrescente o alho francês e deixe refogar em lume brando até o alho amolecer. Junto os cogumelos laminados e deixe cozinhar mais uns minutos é rápido os cogumelos.A parte bata os ovos muito bem.



Junte a batata palha envolva bem no alho francês e cogumelos e por fim junte os ovos batido deixe cozinhar a gosto, os ovos melhor e mais mal passados.
Eu pessoalmente gosto mais ao mal ficam mais húmidos, mais cremosos. Ajuste o sal, cuidado a batata já tem sal.
Retire do calor junte a azeitona preta e polvilhe com coentros frescos acabados de picar.
Use uma forma para enformar e fazer um bonito empratamento!





Ou coma simplesmente assim espalhado no prato ou directo da sertã se a preguiça falar mais alto! 
A vezes tem dias assim, importante é ser feliz...

Bom Apetite!

domingo, 8 de setembro de 2019

Cheesecake de Manga com Cobertura de Maracujá!



Setembro!
Já estamos em Setembro, um mês de recomeços.
Maioria da pessoas retomam o trabalho, as crianças voltam a escola. As ferias já se foram... (As minhas)
Setembro, para mim é o mês onde me sinto recomeçar mais um ano, mais um ciclo. E não, em Janeiro como o resto do mundo... sim eu sei sou diferente mas que fazer. Todos temos nossas manias e esquisitices,  esta uma das minhas.
Mas estamos em Setembro, ideias, projectos, sonhos fervilham e os sonhos comandam a vida.
♥️Os sonhos um dia, tornam-se realidade♥️ 
E quando chega Setembro já começa o cheirinho de Outono, o meu doce Outono. 
A minha estação do ano preferida. E é em Setembro que ele chega ♥️Outono♥️
E para dar inicio a este mês, aqui  no blog começo com um maravilhoso cheesecake de manga e maracujá.
Sem qualquer adição de açúcar. Sim para começar e compensar os excesso das ferias, mas sem deixar de comer bem.
Espero que gostem deste cheesecake, aprovadissimo por mim é para fazer mais vezes, uma delicia acreditem-me.  super fácil e rápido de fazer.





Ingredientes para Base
1 pacote de bolacha digestiva
90 gr de óleo de coco

Ingredientes para recheio
1 lata de puré de manga
6 folhas de gelatina neutra
1 embalagem de queijo mascarpone
8 maracujás

Preparação base: Método Tradicional
Com ajuda de robot  de cozinha triture as bolachas, junte o óleo de coco e misture bem até obter uma massa moldável.
Forre o fundo de uma forma de aros com fundo amovível, com ajuda de uma colher pressione bem o fundo e alise, reserve no frio.

Preparação base: Método Robot de Cozinha
Coloque as bolachas dentro do copo da e triture 1 min/vel,4/6/8 junte o óleo de coco  mais 40 seg vel4.
Forre o fundo de uma forma de aros com fundo amovível, com ajuda de uma colher pressione bem o fundo e alise, reserve no frio.

Preparação recheio: Método Tradicional
Coloque as folhas de gelatina em água fria para hidratar.
Retire 4 colheres de sopa de puré de manga para uma tigela, reserve.
Coloque dentro de uma taça o puré de manga e o queijo mascarpone, com ajuda da batedeira misture bem.
Coloque aquecer as 4 colheres de sopa de puré de manga e quando estiver quente escorra muito bem a gelatina já hidratada e desfaça no puré quente.
Junte ao preparado de manga e queijo mascarpone, misture delicadamente.
Coloque na forma de aros por cima da base de bolacha.  
Leve ao frio de preferência de um dia para o outro ou no mínimo 4 a 5 horas.
Na hora de servir retire do frio e coloque a polpa do maracujá por cima, retire da forma e sirva de imediato.

Preparação: Método Robot de Cozinha
Coloque as folhas de gelatina em água fria para hidratar.
Retire 4 colheres de sopa de puré de manga para uma tigela, reserve.
Coloque dentro do copo o mascarpne e o puré de manga misture 1mint/vel,3.
Coloque aquecer as 4 colheres de sopa de puré de manga e quando estiver quente escorra muito bem a gelatina já hidratada e desfaça no puré quente.
Junte ao preparado de manga e queijo mascarpone, misture delicadamente mais 30 seg/vel.3.
Coloque na forma de aros por cima da base de bolacha.  
Leve ao frio de preferência de um dia para o outro ou no mínimo 4 a 5 horas.
Na hora de servir retire do frio e coloque a polpa do maracujá por cima, retire da forma e sirva de imediato.





Bom Apetite!