sábado, 4 de abril de 2020

Bobó de Camarão!




Abril... Damos inicio ao mês 4. Um mês de incerteza, medo, perdas...
Planos, sonhos, projectos  adiados. Confesso que estou um pouco assustada com todos estes acontecimentos recentes. Este vírus que nos tira tudo assim num estalar de dedos. Que nos vira a vida de pernas para ar, sem sequer termos tempo para reagir. Apenas temos que nos adaptar.  Paramos nos nossos empregos, nossas rotinas para fazer uma quarentena. Numa guerra onde o inimigo é invisível.  Onde não fazemos a menor ideia, onde ele possa estar a nossa espera... Vivemos tempos, com tempo vazio! 
Não podemos visitar família, amigos, passear no campo, no mar ou na montanha. Vivemos isolados, uns dos outros. É temporário. 
Eu sei que sim.
Mas a verdade é que só damos valor as coisas quando lhe perdemos acesso. 
Sinto a falta dos meus, familiares, dos amigos das pessoas no geral... Do burburinho do parque onde costumo caminhar e cruzar com outras pessoas, Mesmo não conhecendo, sinto falta. O mundo esta demasiado silencioso. Assustado, resguardado. Em quarentena! 
Sinto falta da montanha, o vento, cheiro, cores e texturas. 
E sinto falta do mar!
Sentir seu cheiro ouvir o som das ondas a rebentar na praia. A gaivotas a pairar no ar, os barcos de pesca a descansar na areia. 
Sinto falta do mar, confesso. Adoro o mar! 
E quis dar inicia a Abril com uma receita ligada ao mar e seus sabores. Por isso trago um delicioso BoBó de camarão. Uma delicia.
Uma receita fresca que me trás o verão e mar da maneira que me é possível de momento. 



  • Ingredientes
  • 1 Kg miolo de camarão grande
  • 3 dentes de alho
  • 1 limão (sumo)
  • 1 c. de chá de sal de pimentas
  • Pimenta rosa q/b usei 4 grãos 
  • 1 Kg mandioca
  •  Azeite q/b
  • 1 folha de louro
  • 3 cebolas
  • 2 latas de leite de coco 
  • 500 g polpa de tomate
  • Coentros frescos qb
  • 1 pimento verde
  • 2 c. de sopa óleo de palma

Preparação
Tempere o camarão com alho picado, sumo de limão, sal e pimenta, esmagada na hora. Reserve.
  • Descasque a mandioca e com ajuda da mandolina corte aos palitos grosso coloque numa panela,com agua  junte, duas colheres de sopa de azeite, o louro e uma cebola cortada em rodelas. Deixe cozinhar  durante cerca de 30 minutos.
  • Escoe a agua, tire o louro  e reduza a puré, reserve. 
  • Entretanto, refogue a restante cebola picada no restante azeite, em lume brando até que fique dourada. Junte o camarão e frite por 5 minutos. Retire o camarão para o lado. 
  • Adicione a polpa de tomate,  o leite de coco e os coentros, o pimento verde picado e deixe cozinhar por mais alguns minutos.
Junte o creme de mandioca, o óleo de palma. Deixe levantar fervura, volte a juntar o camarão dois minutos e está pronto.
Polvilhe com coentros picados e sirva com arroz de limão.

Preparação Robot de Cozinha Themomix
Tempere o camarão com alho picado, sumo de limão, sal e pimenta, esmagada na hora. Reserve.

Descasque a mandioca e com ajuda da mandolina corte aos palitos grosso coloque numa panela,com agua,q/b  junte, duas colheres de sopa de azeite, o louro e uma cebola cortada em rodelas.
Programe 20 min/vel,. colher/100ºC.
Retire o louro escoe a agua e reduza a puré na vel. 5, 7 e 9, reserve.

Limpe o copo coloque cebola e pique a cebola 30 seg/vel.5, junte o azeite e refogue 5 minu./vel.1. Junte o camarão junto com marinada. 5mint/velc.colher inverssa/Varoma. Retire camarão e reserve.
 
Por fim junte a polpa de tomate,  o leite de coco e os coentros, o pimento verde picado e deixe cozinhar 100ºC/ velcolher inverssa/8 minut.

Junte o creme de mandioca, o óleo de palma. Mias 5 mint./ vel. colher inversa/100ºC. Junte o camarão mais 2 minut./ 100ºCvel.colher inversa.
Polvilhe com coentros picados e sirva com arroz de limão.





O Arroz de limão,tradicional
Coloque o azeite e os alhos picados no tacho assim que começar a estalar, junte o arroz e deixe fritar um pouco.
Parta o meio limão a meio (em quartos) coloque dentro do tacho assim como a água 2 medidas de agua para uma de arroz tempere de flor de sal e deixe cozinhar 20 minutos.

O arroz de Limão,thermomix
No copo da Bimby colocar o dente de alho e o azeite.
Programar 5 min/ temp/ 100º vel. 1.
Juntar o limão cortado em quartos, junte a água.
Coloque o arroz no cesto com flor de sal.
Programe 20 mint/ vel. 2 (esta velocidade é suficiente, pois como tem lá o meio limão cortado em 1/4 é suficiente para dar impulso a água. Para que esta passe pelo arroz e complete a cozedura.
Terminado o tempo desligue o robot, abra a tampa e coloque um pano de cozinha limpo por cima, ajuda a secar o arroz, fica mais soltinho.


Nesta receita contei com Apoio, qualidade de excelência  da Borner
        




Bom Apetite!



terça-feira, 31 de março de 2020

Pão de alfarroba.







Olá boa noite! Este pãozinho não era para fazer parte aqui do blog. Não é que não o mereça. Claro que sim é maravilhoso, receitinha da Filipa Gomes.
Super pratica e rápida, um sucesso. Infelizmente  tempo agora é aquilo que mais me sobra, não queria confesso. Eu e maioria das pessoas estamos fechadas em casa porque assim  tem que ser. Então é estranho não ter horários, andar ao sabor de ... nada. Então ontem já bem tarde esbarrei mais uma vez no video da Filipa. Pronto teve que ser. Fazer a massa e super rápido. Deixar 8 a 12 horas a levedar?... Canja. Feito.
 Hoje, dia 31 de Março fomos brindados com um gélido nevão nas serras altas do nosso país. Bem cedo a neve começou a cair, cobrindo de branco pedaços de Portugal.  E eu com pão para coser, tem coisa que ligue melhor? Frio, neve, pão quentinho com manteiga e uma lareira acesa? Ahh nã... Pronto decidi colocar aqui, no Flor de Rosmaninho para fechar o mês de Março, com algo magico e simples. Neve e pão! Algo que já não se contava, depois dos dias quentes que estiveram, ainda na semana passada. Incrível! 

Deixo aqui o link do video da Filipa para seguirem a receita se quiserem, é fantástica. Filipa Gomes

A minha versão usei um pouco de farinha de alfarroba e fermento de padeiro, não tinha do seco. Resultado... Perfeito!




Ingredientes
2 chávenas de farinha de trigo sem fermento.
1 chavena de farinha de alfarroba
chávena e meia de água
fermento de padeiro a olho umas 10 a 15 gramas.

Preparação
(Desfazer o fermento num bocadinho de água morna, porque usei fresco)
Misturar tudo, tapar e deixar levedar por 8-12 horas.(ou até 24 horas)
Quando esse tempo passar, enfarinhar bem a bancada (ou papel vegetal, que fica mais fácil) e deitar a massa. Puxar de dentro para fora algumas vezes até forma uma bolinha. Virar a costura para baixo e deixar descansar tapado enquanto se pré-aquece o forno a 250° com uma panela la dentro (de ferro, de preferência, e que tenha tampa).
Assim que estiver super quente, passem a massa para dentro da panela, tapem e levem ao forno por 30 minutos. E a magia acontece!
Tirem a tampa e assem mais uns 10 minutos para uma crosta bem crocante.

(Aqui a preparação o texto é na integra da Filipa) Porque mudar o que esta perfeito ! ;)




 Esperemos que mês de Abril venha com a bonança, que já desesperamos por...  Março surpreendeu demasiado e não foi pelas melhores razões. 
De bom...? Muito pouco e este lindo manto branco em algumas zonas do Pais. 
Foi o motivo deste ultimo Post aqui no Flor de Rosmaninho! Demasiado bonito para ficar de fora, para não ser guardado... Neve ♡  Adoro Neve!









Bom Apetite!




quinta-feira, 26 de março de 2020

Cheesecake de chocolate Branco com Morangos frescos!!



Este cheesecake é muito apreciado aqui por casa, sai muitas vezes. inspirado neste Aqui.
Desta vez com morangos bem fresquinhos uma delicia. Adoro juntar fruta fresca a um doce, um bolo. 
Fiz uma pequena alteração também na parte dos ovos. Esta direitinho na receita. Aprovadissima .
Mais alto, mais fofinho, mais nuvem no palato. Este deu-me um prazer especial. Um pedido muito ♥️docinho♥️ 
 E como já é natural tirar fotos a quase tudo que cozinho. Também tirei a este menino e gostei tanto do resultado que pronto está aqui. Para mais tarde recordar e replicar. 



Ingredientes para base
150 gr de bolacha digestiva
60 gr de manteiga derretida

Ingredientes para cheesecake
200 gr de chocolate branco
2 caixas de queijo creme magro (300gr)
1 pacote de natas (200gr)
3 ovos 
1 pitadaFlor de sal nature 
300gr de morangos frescos

Preparação Tradicional
Ligue o forno a 180ºC
Comece por ralar a bolacha com ajuda de robot de cozinha e assim que a reduzir a farinha junte a manteiga derretida amasse bem e forre o fundo de uma tarteira com fundo amovível, reserve.

Numa taça coloque o  chocolate partido em pedaços e leve ao lume a derreter em banho Maria, a derreter, reserve. Adicione aqui pitada de Flor de sal nature
Separe as gemas das claras, bata as claras em castelo bem firme, reserve.

Junte as natas às gemas e bata muito bem, com ajuda  de um fue. Junte o queijo creme e com batedeira dissolva bem o queijo. Adicione agora o chocolate derretido e misture bem.
Por fim  pegue em metade das claras e com cuidado, com movimentos suaves. Sempre de fora para dentro, envolva bem as claras ao preparado, de chocolate e depois a outra metade mesmo método. 

Passe o recheio para dentro da tarteira por cima da base de bolacha e leve ao forno 20 a 30 minutos, fica douradinho, vigie.
Deixe arrefecer um pouco e leve ao frigorífico, de um dia para outro de preferência. Ou no mínimo 4 horas.

Na hora de servir lave muito bem os morangos, com ajuda de uma mandolina lamine os morangos. Seu corte ficará perfeito.. Escolha os círculos maiores e mais bonitos, reserve.
Com restantes morangos reduza a puré com ajuda de varinha magica, pode juntar uma colher de mel ou não facultativo.

Coloque o cheesecake no prato que vai servir, regue com puré de morango e depois disponha os círculos de morangos por cima.
Sirva bem fresco. 

Preparação Robot de Cozinha Thermomix
Ligar o forno 180ºC.
Colocar no copo a bolacha  e a manteiga triturar 15 seg/ vel.7/ 
Passar para a tarteira e e forrar o fundo da tarteira, reservar.
No copo da Bimby colocar as claras e bater 4mint/com borboleta/vel 3,5.reservar.

Sem lavar o copo coloque o  chocolate partido em pedaços e dar uns toque de turbo, juntar as natas e queijo creme. Programe 5 mint./vel4.50ºC.
Junte uma pitada de  Flor de sal nature e as gemas, misture 2 mint/vel.4.

Retire para uma taça e com ajuda de um fue.  Pegue em metade das claras e com cuidado, com movimentos suaves. Sempre de fora para dentro, envolva bem as claras ao preparado, de chocolate e depois a outra metade mesmo método.
Passe o recheio para dentro da tarteira por cima da base de bolacha e leve ao forno 20 a 30 minutos, fica douradinho, vigie.
Deixe arrefecer um pouco e leve ao frigorífico, de um dia para outro de preferência. Ou no mínimo 4 horas.

Na hora de servir lave muito bem os morangos, com ajuda de uma mandolina lamine os morangos. Seu corte ficará perfeito.. Escolha os círculos maiores e mais bonitos, reserve.
Com restantes morangos reduza a puré com ajuda de varinha magica, pode juntar uma colher de mel ou não facultativo.

Coloque o cheesecake no prato que vai servir, regue com puré de morango e depois disponha os círculos de morangos por cima.
Sirva bem fresco. 




Nesta receita contei com apoio de Borner e Gourmet Aqui com seus produtos e artigos de excelente qualidade. 
Bom Apetite!




quarta-feira, 25 de março de 2020

Bacalhau Espiritual!



Bacalhau Espiritual. Uma das  mil e uma forma de cozinhar bacalhau.
E se forem amantes de bacalhau, então é de bradar aos Céus. A receita original é feita com a parte nobre do bacalhau o lombo, mais fácil e claro a qualidade  não se compara.
Eu usei partes mais finas o que tinha na arca congeladora.
Estou na parte de gastar o que tem em casa #euficoemcasa.
Sim dá um pouco mais de trabalho, mas vale a pena acreditem me.
E na minha opinião uma otima forma de gastar aqueles pedaços de bacalhau mais fininhos.
E depois também tinha que fazer uma receita de um Blogue muito querido. Na Cozinha da Leonor
 Foi-me imposto como castigo, Loll  que rico castigo. Porque Leonor e eu fazemos anos com 2 dias de diferença. A Leonor deu-me Parabéns, pois faço 1º. Eu também dei... passados os 2 dias  que nos separa. Só que mensagem ficou suspensa. 
UPS, Sory nônô!
E só passados uns outros 2 ou 3 dias é que percebi.
Eu bem lhe disse que até ao S. João é do coração. Mas ela não foi nessa... lolll
Mas é verdade. Ficou suspensa no messager, escrevi mas não enviei.
E então a Leonor aplicou-me um castigo.
Escolher e fazer uma receita do Blog dela. 
E pronto depois de andar lá a passear, escolhi este delicioso Bacalhau Espiritual.
Mais tarde soube que esta receita era da Bisavó  da Leonor. Lídia de Almeida Araújo.
Também fiz uma pequena pesquisa sobre esta receita e descobri este Site: Revista dos vinhos A essência do vinho Tem um texto maravilhoso sobre a história do Bacalhau Espiritual. E para minha grande e agradável surpresa Fala da pessoa que impulsionou esta maravilhosa receita em Portugal nos anos 40.

 Se a brandade acaba por ser o “pai” do bacalhau espiritual, foi a condessa Almeida Araújo (nos anos 40 à frente do restaurante Cozinha Velha, do Palácio de Queluz) que recriou e batizou a receita nacional, inspirada nas viagens a França, tendo por objetivo arrecadar ideias para os pratos do seu restaurante de luxo.

Exactamente a visa-avó da Leonor. Eu fiquei encantada com o texto que AQUI  tem. Não deixem de passar por lá e ler é muito bonito. E depois tem la a receita usada. também. Foi a que usei. Esta fantástica, perfeita.Adorei a descoberta, orgulhosa mesmo e a bisavó nem é minha. Mas é de uma querida Bloguer que eu conheço.❤️
Adorei o castigo Leonor. Espero ter feito bom trabalho, ansiosa por tua opinião.



Ingredientes
1 kg de bacalhau demolhado
750 gr de cenoura (usei 3 grandes)
350 gr de pão do dia anterior
2 cebolas grandes
250 gr de leite
Azeiteq/b
100 gr de queijo da ilha ralado (usei mistura de vários que tinha em casa.)

Bechamel 
500 gr de leite
50 gr de farinha
30 gr de manteiga
Sal de Pimentas q/b
Noz-Moscada q/b

Preparaçã
Comece por fazer o bechamel

Eu fiz robot de cozinha Thermomix
Junte todos os ingredientes Closed lid e programe 8min/90°/vel.4.

Se fizer no fogão:leve ao lume, numa caçarola, a manteiga.
Assim que esta derreter, adicione a farinha e misture bem, até obter uma pasta dourada.
Adicione o leite, aos poucos e sem parar de mexer, com a ajuda de uma vara de arames.
Assim que ferver e engrossar, tempere com  Sal de Pimentas e uma pitada de noz moscada. Reserve.

Coze-se o bacalhau limpa-se de peles e espinha, desfaz-se em lascas, reserve.
Reserve também a agua onde cozeu.
Com ajuda de Ralador vegetariano da Borner rale as cenouras reserve também.
Pique as cebolas  e os alhos para um tacho coloque um bom fio de azeite. 
Até a cebola ficar translucida, acrescente a cenoura e deixe cozinhar, uns minutos mexendo de quando em quando. Junte o bacalhau. 
Parta o pão em pedaços pequemos e demolhe em leite e água (q/b) onde cozeu bacalhau.
Junte ao tacho sem escorrer líquidos, mexendo de quando em quando. 
Junte por fim um pouco de bechamel e misture muito bem.
Rectifique os temperos. (só coloquei o Sal de Pimentas q/b) nesta fase.

Passe para uma assadeira  Cubra com restante bechamel e queijo ralado. Leve ao forno pré aquecido a 200ºC, cerca de 20 minutos até gratinar.
Sirva com uma salada de rúcula.





Nesta receita contei com apoio de Borner e GourMarket com seus produtos e artigos de excelente qualidade. 
Bom Apetite!