terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Chutney de Ananás!!




Ananás/Abacaxi
São exactamente o mesmo fruto!
Pois é eu também não sabia! Foi a querida Martinha que me deu a conhecer esses facto.
Sabia sim, que são muito parecidos, não só pelo aspecto como também nas suas características nutricionais. Sendo o abacaxi mais doce e o ananás mais acido mas se tiver a sorte de o ananás sair docinho é uma delicia e deixa um cheirinho maravilhoso pela casa. Um fantastico e natural ambientador.
Um fruto muito pouco calórico e muito rica em vitaminas C, A, B1... se quiser saber mais espreite  Aqui
Fiquei com imensa pena, não ter conseguido visitar a plantação de Ananás em S. Miguel Açores, estive tão perto...mas o tempo não chegou para tudo,  numa próxima visita a essa ilha maravilhosa irei lá com certeza é uma prioridade.
Mas de vez em quando la me vem ter a casa  um belo ananás dos Açores. 
Pela mão do meu primo, ou de uma amiga que lá vai em trabalho 1 a 2 vezes no ano. Até me corre bem, não acham?
Quando o compro aqui no Continente, opto pelo abacaxi. Diferença monetária é muito grande, não se justifica, o risco da acidez do ananás.

Então hoje trago um chutney de ananás, fica maravilhoso para acompanhar uma carne assada, ou uns belos de uns camarões. Para fazer uma deliciosa  sandes, com umas sobras de qualquer tipo de carne, vai muito bem acreditem, com uns vegetais a gosto.
Ou até em cima de uma tosta com um pouco de queijo, requeijão, de diversas maneiras. Onde apetecer simplesmente. 

Ingredientes
1/2 ananás
1 malagueta 
5 cm de gengibre           
1 cebola                                       
3 bagas de zimbro
3 cravinhos 
100 gr de vinagre de vinho branco
sal q/b
200 gr de açúcar amarelo
Azeite q/b 

Preparação Tradicional
Pique a cebola e a malagueta, coloque no tacho com um fio de azeite e deixe cozinhar até a cebola ficar translucida.
Parta o ananás aos cubos pequenos e junto no tacho assim como os restante ingrediente e deixe cozinhar em lume brando até reduzir para o ponto de compota.
Passe para fracos esterilizados e feche apenas quando arrefecer .

Preparação Robot de Cozinha
Coloque a cebola partida em 4 com a malagueta no copo pique vel.6 alguns segundos, com ajuda da espátula desça a cebola das paredes do copo e volte a picar mais alguns segundos.
Junte o azeite e programe 5 mint./ 100Cº/vel. colhe.
Parta o ananás aos cubos pequenos e coloque no copo assim como todos os restantes ingrediente.
Programe 30 mint/100Cº/colher.inversa.
Tire o copinho e coloque o cesto em cima da tampa. Se precisar  de mais tempo dê mais uns minutinhos.
Passe para fracos esterilizados e feche apenas quando arrefecer .





Bom Apetite!


domingo, 27 de janeiro de 2019

Salada de Abacaxi com Camarão Tigre grelhado!




A querida Rosa Santos autora do grupo O Pecado da Gula & Companhia criou um desfio, uma brincadeira com o tema de : O dia dos namorados!
Onde a ideia é criar uma receita bonita, romântica para esse dia.
Imediatamente me lembrei desta salada.
Camarão, marisco no geral eu adoro e sim tudo me serve de desculpa para embarcar numa receita a base de marisco, sim confesso.
Pessoalmente acho esta salada muito bonita, elegante, colorida e sim pode ser uma otima refeição a dois. 
Bem romântico, bem ❤️ docinho ❤️!
Não, só no dia dos namorados...Mas sempre que nos apetecer simplesmente.
Tenho a certeza que esta salada irá causar uma boa impressão.
Espero que gostem e não deixem de experimentar. Acreditem-me,  não se irão arrepender. 
Esta receita é um (dois em um), pois também de encaixa na perfeição no desafio mensal, da também muito querida Martinha, autora do maravilhoso Blog Intrusa na Cozinha.
Ainda tenho mais uma na manga para ti minha querida Marta, vamos ver se o tempo me chega.
É sempre um prazer fazer parte destas partilhas, obrigada a ambas pelo desfio!




Ingredientes
1 abacaxi
100 gr de rabanetes
100 gr de rúcula
100 gr de tomate cereja
4 camarão tigre por pessoa
1 batata doce

Ingredientes para marinada do camarão
100 gr de manteiga
2 dentes de alho
1 malagueta
Sal q/b
Salsa seca
Sumo de 1 limão

Ingredientes para vinagrete da salada
Azeiteq/b
Vinagre Balsamico
1 colher de chá de mel
sal q/b

Preparação vinagrete
Coloque todos os ingredientes dentro de uma molheira e mexa bem até obter um molho homogéneo, reserve. 

Preparação 
Comece por abrir os camarões pela barriga a todo o comprimento, tire lhe a tripa.
reserve abertos.
Numa tigela coloque a manteiga derretida, com ajuda de um esmagador de alho esmague os alhos muito bem,junte o sumo de limão, sal, salsa e a malagueta também picada muito finamente. Misture bem bem e pincele a barriga dos camarões , reserve a descansar 20 a 30 minutos.
Entretanto abra o abacaxi a meio e com cuidado retire a polpa sem danificar a casca.
E faça a salada lá dentro com rúcula, tomate cereja, abacaxi aos cubos e rabanetes laminados finamente com ajuda de uma mandolina.
Parta a batata doce também com ajuda da mandolina aos palitos e frite em óleo bem quente. Grelhe os camarões de preferência na brasa(o sabor é outro, acreditem). Tempere a salada com a vinagrete, coloque os camarões por cima e sirva de imediato. 
Acompanhe com a batata doce frita, uns pikles de gengibre e Chutney de Ananás







sábado, 26 de janeiro de 2019

Galette de Ananás!






Galette de ananás um docinho bem simples de fazer e mais simples ainda de se comer.
Este saiu enquanto se jantava aproveitar o forno que se tinha ligado. 
E não é muito calórico, nem muito doce bem do jeitinho que gosto sem alterar muito o sabor do ingrediente. 
E para os mais gulosos pode sempre acompanhar com uma bola de gelado ou uma boa colherada de chantily.
Esta receita saiu também para a rubrica: Janeiro é mês de Ananás! Da querida Marta Dionísio, autora do Blog Intrusa na Cozinha!
É sempre um prazer enorme participar neste desafio.
Nota: Pode sempre usar abacaxi fruto menos acido e mais acessível a nível de preço também. 

Ingredientes para massa
100 gr de farinha trigo integral s/fermento
120 gr de farinha de espelta
80 gr de óleo de coco 
1 colher de chá de açúcar mascavado
1 pitada de flor de sal
1 colher de chá de canela 
60 gr de água 

Ingredientes Recheio
Meio ananás fresco
1 colher de chá de açúcar mascavado
1 colher de chá de canela

Preparação da massa
Com a ajuda de robot de cozinha ou uma boa batedeira ou mesmo a mão.
Coloque todos os ingredientes e amassa até obter uma massa lisa, elastica, homogénea.
Embrulhe em película aderente e reservo no frio.
Entretanto corte, cerca de meio ananás em pequenos cubos, reserve.
Com ajudo do rola da massa estique e de a forma de um circulo.
Coloque o ananás espalhado sobre a massa deixando um rebordo de 3 cm a toda a volta, espalhe as sultanas por cima, polvilhe com o açúcar mascavado e a canela. Dobre os 3 cm de massa do rebordo para cima da fruta e leve ao forno pré aquecido a 70Cº 20 a 30 minutos até a massa cozer e ficar douradinha.







quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Salmão em cama de Legumes fechado em Papelotes com Batata Deluxe e molho de Iogurte!! Ou com Batata a Murro!


Este salmão fica fantastico!
Gosto muito de salmão e assim desta forma, adoro com os legumes com ou sem batata e hoje trago  2 formas diferentes de confeccionar a  batata, assim não se repete o prato.
Este prato é muito bom para visitas pois pode se preparar antecipadamente ficando só com parte de forno para final. O que é otimo, não nos prende ali as voltas com com as panelas e fogão.
E com o Inverno, dias frios vá confessem lá uma refeição de forno cai sempre bem. É conforto em vários aspectos.
Deixo aqui 2 versões mas da batata que acompanha, o peixe é mesma forma para os dois. Em relação a batata não consigo escolher por isso ora faço uma, ora faço outra. Adoro ambas! 






Ingredientes (para o salmão 4 pessoas)
1 alho frances (a parte branca)
2 cenouras
100 gr de feijão verde
1 corgette
1 tomate
1 cebola
Azeite q.b.
Sal e pimenta q.b. 
4 lombinhos de salmão por pessoa 

Preparação


Com ajuda de uma mandolina corte o alho francês, a corgette e a cenoura em juliana.
Corte o feijão verde em tirinhas e o tomate em cubos pequenos. Pique a cebola finamente e leve a refogar com 3 colheres de sopa de azeite. Quando a cebola estiver macia junte os restantes legumes e deixe estufar,tapados com lume brando, ate estarem macios. Tempere com sal e pimenta, reserve.
Corte 4 quadrados grande de papel vegetal ou folha de alumínio.
Se usar alumínio é mais rápido a cosedura mas forre 1º com papel vegetal . Não por alimentos em contacto directo com alumínio.
Sobre cada quadrado coloque uma porção de legumes, coloque o lombo do salmão por cima tempere de sal e pimenta e um pouco de sumo de limão.
Feche bem o papelote e leve ao forno pré aquecido a 160ºC durante 25 minutos.

Batata Deluxe 
Ingredientes
5 batatas 
Agua 
Sal q.b.
Oleo q.b

Preparação
Cortar as batatas em formato padeiro(em gomos)
Cozer as batatas em agua e sal. Escorrer bem as batatas e fritar em óleo bem quente. Colocar em papel absorvente. 
Estas batatas ficam bem crocantes por fora e macias por dentro.

Molho de iogurte
Ingredientes
250 gr de iogurte grego natural
Sal q.b.
sumo de 1 limão 
30 gr de salsa  Aromáticas Vivas
30 gr de coentros Aromáticas Vivas
30 gr de cebolinho Aromáticas Vivas

Preparação
Colocar o iogurte numa taça temperar com sal e limão juntar as ervar picadas miudinho e envolver bem.

Montagem
Abra  o papelote já no prato e acompanhe com as batatas deluxe e o molho de iogurte.






Batata a murro
Ingredientes 
16 batatas pequeninas
1 quilo de sal grosso

Preparação 
Lave e seque as batatas. Coloque o sal num tabuleiro (fazer uma cama) coloque as batatas por cima e leve ao forno a 250ºC mais ao menos 40 minutos.
Ou ate sentir o cheirinho de batata assada e ela ficar com a pele tostadinha, enrugada.
Nota: O sal, pode guardar para outras utilizações idênticas.

Molho para batata
Ingredientes
200 ml/gr de azeite
50 ml/gr vinagre branco
4 dentes de alho
Sal q.b.
Pimenta preta q.b.

Preparação 
Coloque tos os ingredientes dentro de um copo alto e com varinha magica triture tudo muito bem.
Pode também fazer este passo num robot de cozinha.
Fica um molho cremoso.

Montagem
Abra  o papelote já no prato e acompanhe com as batatas assada regue generosamente com o molho de azeite e alho.






Bom Apetite!


terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Bolo de Requeijão e Amoras.


Existem pessoas que nos marcam para a vida e a vida❤️
E hoje é dia de aniversario de alguém muito especial na minha vida❤️
22 de Janeiro❤️
Memórias tão doces, boas, engraçadas, nostálgicas, impossível não sorrir cada vez que me lembro de ti❤️ minha Rainha. Um sorriso acompanhado sempre com uma ou outra lágrima de saudade. Saudade infinita.
E eu sei, eu sinto que estas sempre comigo tua presença é forte em mim, nossa relação era mesmo muito especial❤️ solida para a vida... para além da vida, uma relação eterna. 
E sei que ias gostar muito deste bolinho, simples mas carregado de sabor e muito Amor. Porque foi coisa com que sempre me abundas te ❤️Amor❤️
Eu sou uma felizarda  por te, ter na minha Vida.
Todos os anos vou a cata  de amoras para guardar e ter para estas coisinhas boas. E em todas as colheitas que faço  lembro-me das que comia em miúda quilos e quilos delas, as vezes até doer a barriga. 
E não era pela falta de aviso "Não as comas quentes nem por lavar"
"Trás que eu faço-tas , ah e trás também as folhas de Vide"
E eu comia deliciosas paparocas de esmagadas de Amoras embrulhadas numa folha de videira. Tem coisa mais doce do que a lembrança de alguém especial em nossas vidas?
É saudade sim, mas uma saudade carregada de ❤️Amor e Carinho❤️
Obrigada por existires em mim.
❤️Parabéns Minha Rainha❤️







Ingredientes Bolo
220 gramas de requeijão light (1 embalagem)
60 ml de leite vegetal
1 limão (raspa e sumo)
180 gramas de açúcar de coco
200 ml de óleo de coco
3 ovos grandes
325 gramas de farinha
2 colheres de chá de fermento
1 chávena amoras 

Ingredientes doce de Amoras
200 gr de amora 
sumo e raspa de 1 limão 
1 a 2 colheres de sopa de mel


Preparação método Tradicional

Ligue o forno nos 170ºC.
Bata o requeijão até ficar em creme.
Adicione o leite, o sumo e a raspa do limão e volte a bater até integrar. Reserve.
Coloque na taça da batedeira o óleo de coco com o açúcar e bata bem.
Sem parar de bater, adicione os ovos, um de cada vez.
junte cerca de metade da farinha misturado com o fermento e misture bem.
metade do requeijão em creme e misture cuidadosamente, a restante farinha e por fim o resto do creme de requeijão.
No fim adicione as amoras e envolva cuidadosamente.
Coloque a massa numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha. Coloque um pano na bancada da cozinha e bata a forma para remover algumas bolhas de ar.
Leve ao forno durante cerca de 45 minutos. Faça o teste do palito.
Tire o bolo do forno e descansar um pouco 10 a 15 minutos, desenforme.
Coloque o bolo em cima de uma rede e deixe arrefecer.

Entretanto faça o doce de amoras
Coloque num tachinho as amoras, sumo de limão e o mel por 15 minutos ao fogão mexendo com cuidado para não desfazer muito a amora.
Reserve, para servir frio com o bolinho.

Sirva o bolo acompanhado com mais requeijão e doce de amora bem frio ou uma bola de gelado!


Preparação método Robot de Cozinha
Ligue o forno nos 170ºC.
Colocar no copo o requeijão e bater vel.4/30 seg.
Adicione o leite, o sumo e a raspa do limão e volte a bater vel.4/1mint.  Reserve.
Sem lavar o copo coloque óleo de coco com o açúcar e bata vel.4/1mint.
Mantenha a velocidade 4 e pelo bocal do copo adicione os ovos, um de cada vez. Reduza a velocidade para 3 e junte metade da farinha misturado com o fermento, pelo bocal sempre a bater,metade do creme do requeijão, restante e farinha e por fim o resto do creme de requeijão, bater novamente vel.4/1mint.
No fim adicione as amoras e com ajuda da espátula envolva cuidadosamente.
Coloque a massa numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha. Coloque um pano na bancada da cozinha e bata a forma para remover algumas bolhas de ar.
Leve ao forno durante cerca de 45 minutos. Faça o teste do palito.
Tire o bolo do forno e descansar um pouco 10 a 15 minutos, desenforme.
Coloque o bolo em cima de uma rede e deixe arrefecer.

Entretanto faça o doce de Amoras
Coloque as amoras dentro do copo com o sumo de limão e o mel, programe velocidade inversa, colher/ 15 mit/100ºC/.
Reserve, para servir frio com o bolinho.

Sirva o bolo acompanhado com mais requeijão e doce de amora bem frio ou uma bola de gelado!






Receita inspirada em Faz e Come
Com o apoio dos Queijos Tété (oferta de uma passatempo ganho.)

Bom Apetite!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Bife Wellington com Espargos em cama de Cebola caramelizada!



E quando tem uma receita, um prato que não te sai da cabeça, meia volta e lá esta ele a bombar ali... faz-me ... faz-me. 
E pronto lá tive que me render aquela vontade, que não me largava um segundo.
Esta receita tem uma historia, mais uma doce surpresa, para mim claro! 
No passado mês de Outubro participei num passatempo, como participo em dezenas deles todos ligados a cozinha, confesso.  Este foi da Teka
E ganhei um maravilhoso Workshop de 2 dias na Clavel's Kitchen com orientação da Chefe Tânia Durão.
E entre muitas receitas esta foi uma delas, que hoje trago aqui, é simples de se fazer e fica muito bonita, requintada, elegante um prato que marca presença num jantar.
Bife Wellington com espargos em cama de cebola caramelizada!
Adorei a experiência aprendi coisas novas, com um grupo de pessoas fantásticas. 
Mas vamos a receita é maravilhosa acreditem me!





Ingredientes
700gr de Bife do Lombo (novilho)
Sal e pimenta preta q.b.
Azeite q.b
4 dentes de alho
300 gr de cogumelos Portobello
50 gr de mostarda
2 chalotas
1 folha de massa folhada
200 gr de bacon fatiado 
1 gema de ovo
2 cebolas roxas (grandes)
Vinagre balsamico q.b.
2 colheres de sopa de açúcar amarelo
1 molho de espargos frescos

Preparação 
Arranjar a carne e retirar toda a gordura existente. Temperar com sal e pimenta preta.
Numa frigideira com azeite, colocar 4 dentes de alho cortados a meio. Marcar (selar) a carne em todos os lados também nas pontas, para que fique bem selada e não perca os sucos. Colocar a carne no frigorífico para que repouse e esfrie. 
Enquanto a carne repousa, pique os cogumelos e as chalotas miudinho, saltear em azeite, reservar a esfriar.
Retire a carne do frio e pincele com mostarda. Estenda a massa folhada no balcão coloque o bacon fatiado ligeiramente sobreposto, umas fatias nas outras.
Coloque  o lombo da carne em cima do bacon e tape a carne. Colocar a "pasta" de  cogumelos e chalotas por cima, pressionar bem para que fique uniforme sobre o lombo. Fechar com com a massa folhada, envolta do lombo tapando bem as laterais, pincelar com a gema de ovo. Passar para um tabuleiro e levar ao forno, pré aquecido a 180ºC por 25 minutos.
Entretanto com ajuda de uma Mandolina  corte as cebolas para um tacho. junte um fio de azeite, açúcar e vinagre balsamico. Em lume brando até caramelizar.
Bringir os espargos, saltear em azeite e alho.
Remova o Wellington do forno e deixe repousar 10 minutos antes de cortar. Corte em medalhões e sirva acompanhado de espargos em cama de cebola caramelizada.




Bom Apetite!