quinta-feira, 28 de março de 2019

Mousse de Limão!


E pronto a Primavera já chegou definitivamente!
Os cheiros as cores as temperaturas mais amenas... mais um despertar na natureza. Impossível não nos apaixonarmos por esta maravilhosa estação! 
Apetece tanto os passeios pelo campo, pela montanha perceber o desperta o rebentar da beleza natural que a Primavera nos trás. Todas as árvores em flor.
Uma deliciosa explosão de cores e aromas. 
E claro que começamos logo a pensar em receitas lindas e saborosas, frescas e leves.
de preferência rápidas para aproveitarmos ao maximo os dias maravilhosos que temos nesta altura do ano.
Aproveitem passeiem muito sinto o cheiro, ouçam, desfrutem da natureza.



Então hoje trago uma mousse de limão nada de novo. 
Não, não é. Mas é tão boa tão fresca tão Primaveril. 
Que resolvi colocar aqui no Flor de Rosmaninho. 



Ingredientes
1 pacote de bolacha maria
1 lata de leite condensado
1 lata de leite evaporado
Sumo de 3 limões

Preparação Tradicional 
Com ajuda de uma picadora, triture a bolacha maria ate ficar em farinha, reserve.
Coloque numa taça os leites, condensado e evaporado.
Com batedeira bata um minuto ou dois só para juntar bem os leites. 
Junte o sumo dos limões e bum é automático, a mousse prende logo.
Coloque em copinhos individuais as camadas, bolacha e mousse até encher o copo.
Pode fazer tambem numa taça grande.
Leve ao frio até hora de servir.


Preparação Robot de Cozinha
Coloque a bolacha maria no copo e de uns toques de turbo até obter uma farinha de bolacha, reserve.
Coloque os leites dentro do copo misture 5 seg/vel4.
Junte o sumo dos limões e mais 5 seg/vel4.
Coloque em copinhos individuais as camadas, bolacha e mousse até encher o copo.
Pode fazer também numa taça grande.
Leve ao frio até hora de servir.


Decore a gosto com Limão 






Bom Apetite!



quinta-feira, 14 de março de 2019

Risotto de Lulas!



O telefone toca do outro lado tem um filho."Mãe, o que vai ser o jantar?"
Respondo por norma: "Coisas quentes!"
- Oh mãeee...
Nem uma meia hora depois toca telefone novamente desta vez a filha exactamente mesma pergunta. "Mãe, o que vai ser o jantar?"
Desta vez a resposta é: "Não sei... "
E tem dias assim que não sabemos mesmo, o que apetece fazer e comer. 
Então gosto de fazer uma tour pelo super mercado e ficar a espera que algo nos desperte os sentidos.
Neste caso em especial foi um lindissimo pimento vermelho, logo de seguida um cheiroso vaso de coentros me acenou. Pronto rapidamente descobri o que iria fazer um risoto de peixe, camarão algo ligado ao mar. E foi chegar a peixaria e foram as lulas que marcaram posição de destaque.
Quanto a vocês não sei mas eu funciono muito assim na cozinha, adoro cozinhar sim é verdade! Mas as vezes ficamos um pouco perdidos com... O quê? 
E o jantar é aquela refeição que fazemos, sem pressas sem tempos controlados como é hora de almoço. É a refeição que fazemos mais tranquilos e percebemos como foi o dia de cada um. Tem que ser com calma e cheia de sabor.
E foi assim que este delicioso risotto veio parar a minha mesa, ao olhar para um vibrante pimento vermelho.




Ingredientes
1 quilo de lulas
1 pimento vermelho
1 tomate maduro (ou polpa, concentrado)
1 malagueta
1 colher de sopa de manteiga
6 dentes de alho
Azeite q/b
Queijo ralado (usei vários tipos)
250 gr de arroz abóreo
Coentros q/b
Caldo de camarão q/b
Vinho branco q/b

Preparação Tradicional
Comece por limpar as lulas mas sem abrir cortar as argolas, reserve.
Numa certa com um fio de azeite, esmague 4 dentes de alho pique a malagueta e leve ao lume assim que começar a estalar refesque com um pouco de vinho branco deixe evaporar, junte as lume e deixe cozinhar uns 5 a 8 minutos tempo suficiente para a lula cozinhar, reserve.

Coloque o caldo de camarão a ferver.

Entretanto pique a cebola, o pimento partido aos cubos pequeninos e 2 dentes de alho para um tacho com azeite e leve ao lume , assim que começar a dourar, refesque com um pouco de vinho branco , deixe evaporar junte o arroz e deixe fritar um minuto sempre a mexer.

Vá adicionando o caldo lentamente para que o arroz cozinhe em media precisa de 18 a 20 minutos.

Nos últimos 2 minutos junte as lulas e todo o suco que contem na certa , uma colher de sopa de manteiga e os queijos ralados envolva muito bem e sirva de imediato polvilhado com coentros picados frescos. 

Notas:
1º não usei sal, porque as lulas ao libertar sucos tem sal.

2º O caldo de camarão foi feito por mim também tem sal, guardo sempre as cabeças e cascas do camarão e faço o caldo.(Fumet)

3º Os queijos, são vários tipos tenho o habito de guardar pequenas pontas de queijo que congelo e quando preciso trituro no robot de cozinha ou num picadora. É uma otima maneira de obter sabores intensos, de salgar e ao mesmo tempo evitar desperdícios. 

Preparação Robot de cozinha Bimby
Comece por limpar as lulas mas sem abrir cortar as argolas, reserve.

Numa certa com um fio de azeite, esmague 4 dentes de alho pique a malagueta e leve ao lume assim que começar a estalar refresque com um pouco de vinho branco deixe evaporar, junte as lume e deixe cozinhar uns 5 a 8 minutos tempo suficiente para a lula cozinhar, reserve.


Coloque no copo a cebola os alhos pique 5 seg/vel.7, junte o azeite e o pimento partido aos cubos pequeninos refogue 5 mint/100ºC/vel1, refresque com vinho branco e refogue mais 5 mint/100ºC/vel1. Coloque a borboleta adicione o arroz vel. colher de pau/100ºC/17 mint/ lamina inversa. Aos pouco vá adicionado o caldo de camarão.Por fim coloque a manteiga e o a mistura de queijos e as lulas com todo o suco que contem na certa  mais 2 mint/vel colher de pau/100ºC/lamina inversa.
Sirva de imediato com coentros picados.

Notas:
1º não usei sal, porque as lulas ao libertar sucos tem sal.

2º O caldo de camarão foi feito por mim também tem sal, guardo sempre as cabeças e cascas do camarão e faço o caldo.(Fumet)


3º Os queijos, são vários tipos tenho o habito de guardar pequenas pontas de queijo que congelo e quando preciso trituro no robot de cozinha ou num picadora. É uma otima maneira de obter sabores intensos, de salgar e ao mesmo tempo evitar desperdícios. 







Bom Apetite!



terça-feira, 12 de março de 2019

Cheesecake Japonês!





Já cheira a Primavera, as árvores já estão todas floridas, os morangos já abundam. 
E apetece fazer coisas boas e bonitas
Para uma razão especial, alguém especial ou não... simplesmente porque sim.
Não dizem que cozinhar é um acto de Amor?
Eu concordo! Não tem prazer maior que fazer (cozinhar) para aqueles que mais amamos, vê-los degustar com prazer. É bom não é?
Ou então fazer apenas porque apetece fazer, porque está um dia lindo, quentinho o sol brilha os pássaros cantam. A Primavera está a chegar ainda um pouco envergonhada mas esta a chegar.
Uma explosão de cores e aromas que me trás novas vontades pela cozinha.
Cor muita cor e sabores leves, frescos e aromatizados.
Então hoje trago este maravilhoso Cheesecake Japonês,  uma verdadeira delicia. 
Usei chocolate de leite e branco em lascas, combinou na perfeição.
Quem comeu adorou! 
Uma otima sugestão para uma sobremesa de domingo, ou até mesmo para um bolo de aniversario por exemplo. Fica excelente.




Ingredientes
250 gr de queijo tipo Philadelphia 
5 ovos
120 gr de açúcar amarelo claro
1 pitada de sal
60 gr de manteiga temperatura ambiente
50 gr de farinha com fermento
25 gr de amido de milho
Casca de 1 limão só a parte vidrada (amarela)usei   Descascador Borner
1 colher de sopa de sumo de limão
Hortelã Pimenta Aromáticas Vivas

Preparação Robot de Cozinha
Ligar o forno a 170ºC 
Unte uma forma de fundo amovível e forre toda, fundo e laterais com papel vegetal, reserve.
Separe as claras das gemas. Insira a borboleta coloque no copo as claras programe 4 mint/vel.3.5 a meio do tempo junte a (colher de sopa) de sumo de limão, reserve.
Passe o copo por água e seque.
Com ajuda de um descascador retire a casca de um limão só a parte vidrada (amarela) e triture 20 seg/vel9 e 10, com o açúcar, reserve.
Sem lavar o copo coloque a manteiga, o queijo creme e programe 4 mint/vel3./temp.60ºC.
Junte as gemas o leite o açúcar, pitada de sal, e bater mais 4 minutos vel 3 sem temperatura basta a residual do copo.
Junte a farinha e o amido de milho previamente peneirados e e bater mais 3 minutos a vel.3.
Volte a colocar a borboleta e junte a esta mistura as claras batidas em castelo. Não junte o liquido das claras que ganham por estar em repouso.
Envolva  2 minutos vel. 2.
Verta a massa na forma e leve ao forno num tabuleiro em banho-maria durante cerca de 20 minutos. Reduza a temperatura do forno para os 160 ºC e deixe por mais 20 minutos.
Depois de cozido, desligue o forno e deixe o cheesecake lá dentro mais meia hora. Passada esta meia hora, abra a porta do forno, coloque uma colher de pau na porta e deixe arrefecer completamente.                                      
Enquanto o cheesecake esta no forno faça as lascas de chocolate 1 o branco depois o de leite. Corte o chocolate em pedaços pequenos e derreta, no microondas ou em banho-maria. Corte uma tira de papel vegetal com aproximadamente 10 cm de largura e 25 cm de comprimento. Barre com chocolate derretido, formando uma camada o mais fina possível. Enrole e leve ao frio até solidificar.
Desenforme depois de completamente frio e decore com açúcar em pó frutos vermelhos, hortelã Pimenta e as lascas de chocolate.
Preparação Tradicional
Coloque a manteiga e o queijo creme num recipiente de vidro em banho- maria.
Bata até obter um creme homogéneo. Junte o açúcar as gemas e o leite, bata muito bem com ajuda de uma colher de varas. Adicione o sal a raspa de limão, mexa muito bem .e retire do fogão. Junte a farinha e o amido previamente peneirados.
A parte bata as claras em castelo com uma colher de sumo de limão, bem firmes. Adicione a mistura de ovos, queijo e farinha ás claras mexendo cuidadosamente.
Verta a massa na forma e leve ao forno num tabuleiro em banho-maria durante 20 minutos. Reduza a temperatura para 160ºC e deixe mais 20 minutos.
Depois de cozido, desligue o forno e deixe o cheesecake lá dentro mais meia hora. Passada esta meia hora, abra a porta do forno, coloque uma colher de pau na porta e deixe arrefecer completamente. 

Enquanto o cheesecake esta no forno faça as lascas de chocolate 1 o branco depois o de leite. Corte o chocolate em pedaços pequenos e derreta, no microondas ou em banho-maria. Corte uma tira de papel vegetal com aproximadamente 10 cm de largura e 25 cm de comprimento. Barre com chocolate derretido, formando uma camada o mais fina possível. Enrole e leve ao frio até solidificar.

Desenforme depois de completamente frio e decore com açúcar em pó frutos vermelhos, hortelã Pimenta e as lascas de chocolate.

Nota: pode servir um fatia com um belo fio de chocolate quente por cima do cheesecake e frutos vermelhos, tenho a certeza que ninguém se vai chatear.







Bom Apetite!


domingo, 10 de março de 2019

Mousse de Chocolate e Requeijão com compota de Morangos!


Tem blogs que são maravilhosos de autoria de chefes fantásticos! 
Este post que hoje trago pertence a um desses blogs que eu admiro muito e sigo bem de perto. 
O blog em causa é o: Faz e Come da autoria  de Chef Rui Ribeiro.
Proprietário se não estou em erro do Sr. Brioche! Uma pastelaria em Monção.
Não conheço pessoalmente o Rui, mas um dia destes passo em Monção, zona que gosto muito confesso e vou lá Sr. Brioche quem sabe não o conheço.
Mas voltando as Faz e Come um blog de excelência, carregado de deliciosas iguarias e também fotos maravilhosas. Sim porque os olhos também comem.
Se não conhecem passem por lá não se vão arrepender é maravilhoso o blog, acreditem-me.
Um blog riquíssimo em termos de inspiração, culinária.
Há uns dias atrás o Rui fez um directo com esta receita maravilhosa, bem fiquei logo com vontade de a fazer. Foi só ter um tempinho e cá esta ela.
Única coisa  que alterei foi trocar mirtilos por amoras (tenho muitas congeladas) e gosto muito.
De resto nem uma virgula esta alterada, para quê mexer no que esta perfeito?
A receita está copiada na totalidade. 
Uma receita a fazer muitas mais vezes pois todos adoraram.
Eu em especial.
É assim que começo o mês de Março, com uma receita não só deliciosa, mas também super fresca e colorida a chamar a Primavera espero que gostem!





INGREDIENTES (para a compota)
250 gramas de morangos
50 gramas de açúcar
1 colher de sopa de água

INGREDIENTES (para a mousse)
1 requeijão de cabra Tété (aprox. 250 gramas)
3 claras de ovo (cerca de 105 gramas)
50 gramas de açúcar
100 gramas de chocolate negro
25 gramas de manteiga (preferentemente de cabra Tété)
Morangos, amoras e hortelã para decorar

PREPARAÇÃO
Comece por cortar em quartos os morangos, previamente lavados, para uma frigideira. 
Adicione 50 gramas de açúcar e uma colher de sopa de água. Leve a lume médio durante 5 a 8 minutos, até engrossar ligeiramente. Retire do lume, distribua por 4 frasquinhos ou taças, tendo o cuidado de reservar um pouco para decorar. Leve os frascos/taças ao frigorífico.
Corte o chocolate em pedaços pequenos e derreta, no microondas ou em banho-maria. 
Corte uma tira de papel vegetal com aproximadamente 10 cm de largura e 25 cm de comprimento. Barre com chocolate derretido, formando uma camada o mais fina possível. Enrole e leve ao frio até solidificar.
Adicione a manteiga ao chocolate restante e misture até que esta derreta.
Com o auxílio de uma batedeira elétrica, bata as claras e, assim que começarem a ficar firmes, adicione o açúcar, sem parar de bater, até obter um merengue liso e brilhante.
Numa taça à parte, e com a ajuda de uma espátula, desfaça o requeijão.
Adicione 1/3 das claras e envolva cuidadosamente.
Adicione mais 1/3 das claras e volte a envolver, com cuidado, para não remover o ar incorporado.
Adicione o chocolate e misture. Finalmente, adicione as claras restantes, envolvendo, ate obter uma mousse homogénea.
Coloque o preparado obtido num saco pasteleiro com boquilha em forma de estrela (pode omitir este passo e utilizar uma colher) e distribua pelos frasquinhos/taças.
Leve ao frio durante cerca de meia hora.
Termine com a compota de morango, amoras e morangos frescos, folhas de hortelã e as lascas de chocolate que irá obter ao desenrolar o papel vegetal.

DICAS
Esta mousse pode ser preparada no dia anterior. Deixe apenas a decoração para o momento de servir.