quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Bulho Com Casulas!



Carnaval está mesmo aqui a porta. É já no fim de semana. Não sou dada a grandes fulias nestes dias. Já fui confesso, mas passou.
Tenho mais curiosidade em saber qual o prato típico que se come, em cada zona do nosso maravilhoso Pais, em alturas especificas assim  como por exemplo o Carnaval. Que esta mesmo a chegar, é já na próxima semana. Mas antes tem o domingo gordo aquele em que se faz o belo do Cozido a Portuguesa. Prato bem típico Português. Que conforme zona do pais sofre alguma alterações, ajustando aos produtos da zona. Hoje deixo-vos aqui o Bulho com casulas. Mais um tipo bem especifico de cozido. Também conhecido por Botelo, bulho, palaio ou chouriço de ossos. Para mim é: "Bulho com casulas."
Um prato tipicamente Transmotano.
Que me foi apresentado pela minha querida Fátima Pimentel.
E quando quero produtos assim bem transmontanos é sempre ela quem mos faz chegar as mãos. 
Um pouco mais sobre esta iguaria...

Descrição: Este é um prato típico em toda a região da Terra Fria. O butelo (também conhecido por “bulho”, “palaio” ou “chouriça de ossos”) é o companheiro indissociável das cascas, numa ligação essencial para a história do cozido. O butelo é um enchido de porco, feito com o bucho (estômago) do animal e recheado de ossos e cartilagem das vértebras e costelas e alguma carne. As cascas (também designadas por “vasas”, “palhoças”, “palhadas” ou “casulas”) são um feijão que se colhe ainda na vagem quando o grão está bem formado, mas ainda não seco. A vagem parte-se em bocados e põe-se a secar ao sol, durante vários dias.
Características particulares: O butelo é um enchido que, além da carne proveniente do espinhaço do porco, contém ossos e cartilagens, o que lhe confere um sabor típico, uma vez que as carnes junto aos ossos são muito saborosas. Esta característica peculiar faz com que seja um enchido de curta conservação, pelo que é consumido tradicionalmente no domingo gordo, pouco tempo após a matança do porco. Destaca-se, em particular, o Butelo de Vinhais IGP.
Disponibilidade do produto ao longo do ano: Durante todo o ano, mas especialmente no Inverno e até ao Carnaval.
Historial do produto: Na origem desta receita terá estado a escassez de recursos, que obrigava a aproveitar todos os bens comestíveis, transformando as cascas e o espinhaço do porco, muitas vezes até à ponta do rabo, para criar este prato bem energético. Trata se de um prato popular no meio rural, mas igualmente presente em todos os eventos gastronómicos.
Representatividade na alimentação local: Prato presente em qualquer casa da região do Planalto Mirandês, o butelo com cascas é a ementa típica no almoço do Domingo Gordo e no Dia de Carnaval.
Então  hoje trago-vos esta delicia gastronómica típica de Inverno. Claro que ajustei a meu gosto pessoal por norma come-se o bulho com uma ou outra carne de fumeiro, mas pode por o que quiser. Também tem quem lhe junte frango por exemplo. Acompanha com batata cozida e as casulas. Eu juntei mais algumas coisitas. Podem por o que quiserem, o que mais gostarem.


Apresento aqui os Senhores do prato o Bulho e as casulas. Também também uma chouriça de cebola esta oriunda mais aqui do norte Ponte de Lima.São uma delicia também. Achei que iria ficar bem aqui junto ao bulho. Esta caseira do melhor só vos digo. 

Ingredientes 
1 bulho
 500gr de casulas secas
1 orelheira de porco fumada
1 pedaço de bacon
1 chouriça de cebola
1 batata por pessoa 
1 cenoura por pessoa
1 penca 
5 folhas de couve galega (portuguesa)
Flor de sal q/b

Preparação
Comece por colocar o bulho, a orelheira fumada e as casulas de molho em agua na véspera de confeccionar, tendo o cuidado de mudar a agua 2 vezes. 

Numa panela de pressão coloque as casulas o bulho e a orelheira a cozer, assim que começar a ferver conte 30 minutos, desligue e escorra essa água.
Coloque agua limpa e volte a por tudo lá dentro, feche bem a panela e volte a por a coser assim que começar a ferver conte mais 15 minutos, desligue.
Deixe arrefecer um pouco ...(Para não enqueijar as batatas)



Entretanto com ajuda de descascador, usei meu borner descasque as batatas e cenouras reserve, arranje hortaliças. 




Assim que tiver estas coisas prontas coloque também na panela com a chouriça de cebola e o bacon e uma colher de café de Flor de sal Lembre-se que carnes fumadas já são salgadas por natureza.
Feche de novo a panela e deixe cozinhar por 15 minutos depois de começar a ferver (apitar)

Sirva imediatamente assim que retirar da panela bem quente. 
Como ja refei antes este prato é mais , só as carnes as casulas e batatas cozidas eu acrescentei as hortaliças, preferência pessoal.

Acompanhe com um bom vinho de preferência tinto encorpado. Eu optei por um Vale de Barqueiros, um vinho  tinto uma selecção de trincadeira, syrah, cabernet, sauvignon e aragonêz da colheita de 2016, com 14º de álcool. 
Excelente para acompanhar este prato. 




Aqui podem ver como as casulas ficam cozidas. Tem que ser muito bem cozidas, se não ficam fibrosas e não é nada agradável. 
Mas bem cozidinhas, são  uma delicia super cremosas. 




E por fim como eu optei, com hortaliças.





Bom Apetite!



1 comentário:

  1. Fiquei curiosa com o sabor!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita!