quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Tarte de Maça!


Tarte de Maça! 

Maça deve ser a fruta que mais se usa assim neste tipo de tartes. 
E fica muito boa! Quente, fria com café, ao lanche ao pequeno almoço.
É uma tarte que se come em qualquer ocasião. Eu prefiro ainda morna com uma bolinha de gelado acompanhar, humm tão bom! 
Fui presenteada com uma boa quantidade de maças biológicas, aquelas feias com marcas e até deformadas mas de um sabor maravilhoso. Maças de Quina é assim que se chama este tipo de maça.       Obrigada  
Como não queria desperdiçar nenhuma fiz esta tarte, onde tentei preservar ao maximo o sabor a doçura da maça.
E resultou muito bem simples com sabor e... muito Amor. 



Ingredientes massa 
200 gr de farinha (usei de espelta)
10 gr de manteiga aos cubos, fria
1 a 2 colheres de sopa de água fria
1 ovo
1 pitada de sal

Ingredientes Recheio
1 quilo de maça de quina
Sumo de limão q/b 
150 gr de açúcar amarelo
20 gr de vinho do Porto branco
1 colher de chá canela em pó q/b
Geleia de romã 
1 colher de sopa de açúcar mascavado

Preparação Massa (Robot de cozinha)
1. Coloque todos os ingredientes dentro do copo.
2. Programe 4 mint/amassar, retire embrulhe em película e leve ao frio enquanto prepara o recheio.

Preparação Massa(método tradicional)
Junte todos os ingrediente dento de uma taça grande e misture, amasse bem ai uns 10 minutos, até obter uma massa macia e elástica embrulhe em película e leve ao frio enquanto prepara o recheio.

Preparação do recheio (Robot de Cozinha)
1.Comece por lavar muito bem as maças, não descasquei apenas retirei o caroço. 
2. Parta em quartos e com ajuda de uma mandolina corte laminas bem finas (meias luas) regue com sumo de limão para não oxidar.
3. Retire as meias luas mais bonitas para o lado, o suficiente para cobrir parte superior da tarte e coloque a restante maça dentro do copo junte o açúcar, canela e o vinho do porto, programe               
10 mint/vel.colher/100ºC.
4. Assim que terminar o tempo triture alguns segundos vel.4 e 5.
Não é para ficar puré, mas sim com grumos alguma consistência (pequenos pedacinhos de maça).
Deixe arrefecer um pouco.
5. Estique a massa e forre uma tarteira a gosto.
6. Passe o pure para dentro da tarteira e cubra com as meias luas reservadas a gosto, pincele as meias luas de maça com geleia de romã e polvilhe com açúcar mascavado.
7. Leve ao forno pré aquecido a 180ºC 30 a 40 minutos.
Ou até ficar cozida bem douradinha.

Preparação Recheio (método tradicional)
1.Comece por lavar muito bem as maças, não descasquei apenas retirei o caroço. 
2. Parta em quartos e com ajuda de uma mandolina corte laminas bem finas (meias luas) regue com sumo de limão para não oxidar.
3. Retire as meias luas mais bonitas para o lado, o suficiente para cobrir parte superior da tarte e coloque a restante maça dentro de uma panela e leve ao lume médio cerca de 10 minutos.
4. Triture com varinha magica mas grosseiramente.
Deixe arrefecer um pouco.
5. Estique a massa e forre uma tarteira a gosto.
6. Passe o puré para dentro da tarteira e cubra com as meias luas reservadas a gosto, pincele as meias luas de maça com geleia de romã e polvilhe com açúcar mascavado.
7. Leve ao forno pré aquecido a 180ºC 30 a 40 minutos.
Ou até ficar cozida bem douradinha.
E sirva quente ou fria a gosto! 






Bom Apetite!



2 comentários:

  1. Que delícia!!
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  2. Que tarte fantástica!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita!